Pali-Ativo

Descubra e acompanhe este projeto especial.

Este é um blog para falar da importância dos cuidados paliativos. Que mais do que falar, quer ser ativo. Ajudar cada um de nós a pensar a morte, a sua e a dos seus. Ajudar por isso, cada um a pensar a vida, a sua e a daqueles que lhe são queridos. A pensarmos o mundo, com a morte lá dentro e não colocando-a de fora como sendo um bicho papão.

Que este blog nos possa ajudar a viver melhor, a cuidar melhor do mistério que é a vida. A não termos medo de pensar, de decidir, de escolher dentro daquilo que nos é permitido fazer. E nós temos tanto para fazer, não nos acobardemos. Como diz uma música da Mafalda Veiga: “Não sabemos nada do que somos nós, mas sabemos tanto do que muda, por não estarmos sós”.

Porque acredito, que como enfermeira em cuidados paliativos, da minha experiência de alguns anos, que a medicina pode ser uma grande ajuda no alívio dos sintomas e do sofrimento. Mas também tenho aprendido que a morte de cada um é um trabalho de casa diário. Assim como acredito que é um trabalho e responsabilidade de cada um saber bem acompanhar/amar uma pessoa na hora da despedida.

Temos um papel importante na forma como vivemos, que se refletirá na forma como um dia morremos (se na hora estivermos capazes e conscientes dela).

Sabias que…

Alguém Disse…

SOGYAL RINPOCHE

Outubro 18th, 2021|Alguém Disse|

(mestre espiritual budista e conferencista) "Todo o universo,... nada mais é do que mudança, atividade e processo... (...) O que é a nossa vida senão esta dança de formas transitórias? Não está sempre tudo a [Ler mais...]

SOGYAL RINPOCHE

Outubro 11th, 2021|Alguém Disse|

(mestre espiritual budista e conferencista) "...cada vez que as perdas e decepções da vida nos ensinam sobre a impermanência, elas aproximam-nos da verdade. (...) E se tiver o entendimento proveniente da prática espiritual, então cair [Ler mais...]

SOGYAL RINPOCHE

Outubro 4th, 2021|Alguém Disse|

(mestre espiritual budista e conferencista) "Não haveria a mínima hipótese de se familiarizar com a morte se ela acontecesse apenas uma vez. Mas felizmente a vida não é mais do que uma dança contínua de [Ler mais...]

Ver e Ouvir…